Web

Em Outubro de 1986 nascia a banda Web!

O projecto iniciado por um par de roadies da banda Tarantula, surgiu da necessidade de criar algo onde pudessem exteriorizar a sua paixão pelo todo poderoso Heavy Metal! Assim, David Duarte e Victor Matos uniram esforços para reunir elementos que facilitassem a busca por uma sonoridade própria.

Atendendo à época, a abundância de pessoas interessadas em projectos de heavy metal era uma miragem e as dificuldades em consolidar uma formação foram-se notando através de sucessivas entradas e saídas de elementos. Este cenário foi sendo agravado por situações tão diversas como o S.M.O. (Serviço Militar Obrigatório) e como a doença grave do vocalista David Duarte que levaria ao seu abandono prematuro da banda, da música e, posteriormente, da nossa presença.

Sempre com um grande espírito empreendedor, Victor Matos, já reunido com Fernando Martins desde 1994, procuram renovar a banda de modo a continuar o percurso até então alcançado.

Desde Outubro de 1997 com a entrada de Pedro Soares, a banda viveu tempos de estabilidade da formação sendo a última alteração a entrada de Filipe Ferreira para a guitarra em 2005, compondo assim a formação actual e mais estável da banda até à data.

Os palcos foram sempre grandes aliados da banda e desde o lendário Rock Rendez Vous que a banda se dedicoumuito aos concertos! Palcos como Rock Rendez Vous (Lisboa), Festa do Avante (Seixal), Noites Ritual Rock’94 (Porto), Palha d´Aço (Porto), Escola Secundária Soares dos Reis (Porto), Sociedade Columbófila de Mafamude (Gaia), Blá Blá (Matosinhos), Sala Anoeta (Vigo), Metalpoint (Porto), Hard Club (Gaia e Porto), Moita Metal Fest, In Live Café (Moita), SWR Barroselas, Caos Emergente (Recarei), XIV HardmetalFest (Mangualde), Gaia em Peso IV e VI, Teatro Sá da Bandeira (Porto), Side B (Benavente), Amarante, Art7 (São João da Madeira), Berço Fest e Vimaranes Metalvm (Guimarães), Underfest (Alijó e Vila Real), Dinaamo Panóias (Braga), Invicta X-MASsacre (Porto), Covilhã, Discoteca Autarquia (Castelo de Paiva), Zum Zum (Porto), Bragança, Time Out (Ovar), In Union We Stand (Porto e Ovar), Leiria, Indycat (Gondomar), Thrashmania V (Corroios), Nyktos (Figueira da Foz), Velha Guarda II (Porto), Metal GDL (Grandola), República da Música (Lisboa), Pindelo dos Milagres (São Pedro do Sul) entre muitos outros, ficaram com marcas do suor da banda, sempre numa atitude de trabalho e de partilha de grandes momentos em cima, fora e em frente aos palcos!

Partilha de momentos também com bandas como Ancient Rites, Impaled Nazarene, Benediction, Cradle of Filth, Napalm Death, Desaster, Omission, Sinister, Paradox, Cadena Perpetua, Angelus Apatrida, Leng Tch’e, Decadence, Agonica, Ephemeral, Entombed, Venom, Malevolent Creation, Contradiction, Moonspell, Genocide, Ramp, Tarantula, Switchtense, Pitch Black, Desire, Heavenwood, The End Gate, Equaleft, Gates of Hell, Holocausto Canibal, Decayed, Mata Ratos, The Ransack, Decrepidemic, Echidna, Revolution Within, Cycles, Coldfear, Grog, Concealment, Angriff, Dethmor, Filii Nigrantium Infernalium, Crushing Sun, For The Glory, entre outras.

Os Web registaram diversos trabalhos como músicas em compilações e tributos, demo e promo tape’s, álbuns World Wild Web (2005), Deviance (2011), Everything Ends (2015), um video clip, um lyric video e um video documentário alusivo aos 25 anos de carreira.

Atualmente, os Web encontram-se a compor o sucessor de Everything Ends com entrada em estúdio prevista para o
corrente ano!